O Filtro dos Sonhos


O Filtro dos Sonhos é um artefato indígena nativo americano originado na tribo dos Ojibwa. Durante o movimento de revitalização cultural indígena dos anos 60 e 70, foram adotados por nativos americanos de diversas nações. Passaram a ser vistos como um símbolo da unidade entre as várias nações indígenas, e como um símbolo geral da identificação com as primeiras culturas das nações.

“Conta uma velha lenda dos nativos norte-americanos, que um velho índio ao fazer uma Busca da Visão no topo de uma montanha, lhe apareceu IKTOMI, a aranha, e comunicou-se em linguagem sagrada.

A Aranha pegou um aro de cipó e começou a tecer uma teia com cabelo de cavalo e as oferendas recebidas. Enquanto tecia, o espírito da Aranha falou sobre os ciclos da vida, do nascimento à morte e das boas e más forças que atuam sobre nós em cada uma dessas fases. Ela dizia: “Se você trabalhar com forças boas será guiado na direção certa e entrará em harmonia com a natureza, do contrário, irá para uma direção que causará dor e infortúnios.” No final a Aranha devolveu ao velho índio o aro de cipó com uma teia no centro dizendo-lhe: “No centro está a teia que representa o ciclo da vida. Use-a para ajudar seu povo a alcançar seus objetivos, fazendo bom uso de suas idéias, sonhos e visões. Eles vem de um lugar chamado Espírito do Mundo que se ocupa do ar da noite com sonhos bons e ruins.”

Segundo demonstram algumas linhas do Xamanismo, mesmo de posse do Filtro dos Sonhos, teremos pesadelos, pois eles nos mostram visões de diversos aprendizados que devemos nos atentar. Acredita-se que o filtro impedirá que energias indesejadas interfiram no processo natural e particular de sonhar.

Na confecção do Filtro dos Sonhos, pode ser colocada uma pena no centro, abaixo, simbolizando a respiração, o elemento ar, e em alguns é colocado no centro uma pedra ou cristal. Tudo o que é colocado possui um significado. O Centro da Teia Corresponde ao Grande Mistério, o Criador, a Força que abrange o Universo inteiro.

O mais belo deste texto é a essência espiritual da natureza atuando, no caso da aranha, mostrando a “teia da vida” e ensinando que tudo está interligado. Nos incentiva a prestarmos mais atenção nos nossos sonhos, na natureza, na nossa vida e em nossa construção; a buscar conexão com Deus e com a coragem, buscando Luz para rompermos a teia da ilusão e nos construindo cada vez mais, ligados ao Grande Espírito.

Bons sonhos!

Irmandade Natureza Divina

Ilustrações: Edson Rodrigues
Fonte e imagens:
Filtro dos Sonhos.com,
mandalamystica.dihitt.com.br,
meufiltrodesonhos.blogspot.com,
filtrodosonhospalhana.blogspot.com.