Araticum (Marolo)

Araticum (Marolo)

Reino Plantae
Divisão Magnoliophyta
Classe magnoliopsyda
Ordem magnoliales
Família Annonacea
Gênero Annona
Espécie A. crassiflora

Características

Árvore de pequeno porte, alcançando até 8m de altura e 40cm de diâmetro de caule, oririnal das regiões de Cerrado, é muito comum no Sul de Minas Gerais. Espécie rústica, uma das Ordens mais antigas das Magnoliophytas, seus troncos são retorcidos com casca adornada por fissuras, suas raízes aprofundam-se no solo a procura de água. Sua copa atinge cerca de 2 a 4m de diâmetro.
Suas folhas são simples alternas, de forma ovadas com margem lisa e nervações bem marcadas na face superior, de consistência coriácea, se mantem o ano todo.

Suas flores são pequenas, de coloração verde-ferrugem ou amareladas, carnosas de abertura pequena, possuem ovário com inúmeros carpelos soldados já aparentando o fruto, são polinizadas por bezouros, como a maioria das plantas do gênero.

Seus frutos são globosos com terminação acuminada, aparentam estar recobertos por escamas e são conhecidos também como pinhas devido a esta característica, possuem coloração que varia do amarelo ao marrom-ferrugem, são carnosos de polpa branca e contém várias sementes.

É utilizada praticamente na alimentação, ou na confecção de doces e polpa. Geralmente não é cultivada crescendo naturalmente pelos campos abertos do cerrado, sua colheita é feita manualmente e seus frutos podem ser encontrados sendo vendidos à beira das estradas.

Referências:

http://globoruraltv.globo.com/GRural/0,27062,LTO0-4370-269757,00.html
http://pt.wikipedia.org/wiki/Annona_crassiflora
http://www.biologo.com.br/plantas/cerrado/araticum.html
http://florabrasiliensis.cria.org.br/search?taxon_id=680