Araça

O araçá (Psidium cattleyanum Sabine) é um arbustro pertecente à família das mirtáceas, que são encontradas em estado silvestre, no Brasil, desde Minas Gerais até o Rio Grande do Sul, bem como na região nordeste do Uruguai. É uma espécie nativa que ocorre em grande proporção
Seu porte pode variar, sendo arbustivo ou arbóreo, com caule tortuoso e de casca lisa, folhas persistentes e coriáceas.
Os frutos são do tipo baga, com casca de coloração amarela, vermelha ou roxa, com polpa de cor esbranquiçada e com muitas sementes. A polpa do fruto tem o seu sabor lembrando um pouco o da goiaba, embora seja um pouco mais ácido e de perfume mais acentuado. É uma fruta pequena, arredondada, com sementes, cuja polpa varia de cor segundo a espécie, predominando o alaranjado e o amarelo-claro.

Tal espécie possui alta potencialidade de utilização comercial, em face de apresentar alto teor de vitamina C de seus frutos, ótima aceitação para consumo in natura ou industrialização na forma de doces em pasta, geléias ou cristalizados, e baixa suscetibilidade a pragas e doenças, sendo usado também no preparo de sorvetes e refrescos e também de um doce muito parecido com a goiabada.
O araçazeiro apresenta grande potencial para exploração econômica, em virtude das características dos seus frutos, da boa aceitação para consumo e pelo teor de vitamina C, proporcionalmente quatro vezes maior que os frutos cítricos.

A produção de mudas de araçazeiro é comumente realizada por meio de sementes, sendo preferida por sua facilidade de germinação.

Existem vários tipos de araçá, sendo os mais comuns o araçá-vermelho, o araçá-de-cora, o araçá-de-praia, o araçá-do-campo, o araçá-do-mato, o araçá-pêra, o araçá-rosa e o araçá-piranga.

No sítio Natureza Divina, podemos encontrar diversos exemplares desta espécie, que também serve de alimento para pássaros, insetos e morcegos.

Classificação científica

* Reino: Plantae
* Divisão: Magnoliophyta
* Classe: Magnoliopsida
* Ordem: Myrtales
* Família: Myrtaceae
* Género: Psidium
* Espécie: Pisidium. cattleianum